Get Adobe Flash player

Grupo Mensageiros de Luz - Sejam Bem Vindos - Assinem Nossa Newsletter - Palestras Online Gratuitas

 PERGUNTAS E RESPOSTAS DIVERSOS       Perguntas - Reunião Especial - Botucatu - 10.06.2012       PERGUNTAS E RESPOSTAS - PARAÍSO - 31.07.2010       PERGUNTAS E RESPOSTAS - BOTUCATU - REUNIÃO DE 27.02.2011       Perguntas - Seminário de Prosperidade - 2012       Perguntas - Sétimo Seminário da Família - 2015       PERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 05.06.2011       Perguntas e Respostas - Rochdale - 19.06.2011       O MÉDICO QUE PRATICA O ABORTO ESTA CONTRARIANDO A LEI DE DEUS E A LEI DOS HOMENS?        Perguntas - Rochdale - 04.11.2012       Perguntas e Respostas - Seminário de Natal - Dezembro - 2011       Perguntas - Segundo Seminário Botucatu - 2012       PERGUNTAS E RESPOSTAS - TAIÓ - 2010       Perguntas Reunião do Paraíso - 31.08.2014       Perguntas - Reunião do Paraíso - 28.12.2013       PERGUNTAS E RESPOSTAS - BOTUCATU - 2ª REUNIÃO ESPECIAL 27.02.2011       Perguntas - Convite ao Sucesso - 11.01.2014       PERGUNTAS E RESPOSTAS - CONVITE AO SUCESSO - SANTO ANDRÉ - 10.04.2010       Prática do Evangelho no Lar       PERGUNTAS E RESPOSTAS - BOTUCATU - 02.10.2010       SEMINÁRIO EXPANSÃO E PROGRESSO - 2010       PERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 11.04.2010       PERGUNTAS E RESPOSTAS - CONVITE AO SUCESSO 14.11.2009       PERGUNTAS - SEMINÁRIO EXPANSÃO E PROGRESSO -..2011       PERGUNTAS E RESPOSTAS DO PRIMEIRO SEMINÁRIO DE JANDIRA - 14.02.2010       Perguntas - Quinto Seminário de Natal - 2012       PERGUNTAS E RESPOSTAS DO SEGUNDO SEMINÁRIO DE PÁSCOA - OSASCO - 28.03.2010       Perguntas e Respostas -Botucatu - 23.10.2011       PERGUNTAS E RESPOSTAS - BOTUCATU - 23.01.2011       PERGUNTAS E RESPOSTAS - BOTUCATU - 28.11.2010       PERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 21.08.2011       Perguntas - Reunião de Rochdale - 02.02.2014       PERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 06.02.2011       Perguntas - Sexto Seminário Expansão e Progresso - 2014       Pergunta Convite ao Sucesso - 11.10.2014       Perguntas e Respostas - Rochdale - 03.07.2011       Botucatu - Perguntas reunião especial - 25.03.2012       PERGUNTAS E RESPOSTAS - BOTUCATU 22.05.2011       Perguntas - Quinto Seminário de Carnaval - 2014       Botucatu - Perguntas Reunião Especial de 22.01.2012       Perguntas - Reunião do Paraíso - 25.01.2014       PERGUNTAS E RESPOSTAS - CONVITE AO SUCESSO - SANTO ANDRÉ - 13.03.2010       PERGUNTAS E RESPOSTAS - TERCEIRO SEMINÁRIO DE NATAL - 12;12;2010       RESPOSTAS - SEMINÁRIOS DE NATAL ‏       SEMINÁRIO EXPANSÃO E PROGRESSO - PERGUNTAS E RESPOSTAS - 2011       Perguntas - Rochdale - 21.10.2012       Perguntas - Reunião Especial - Botucatu - 11.11.2012       Perguntas do Segundo Seminário da Divina Luz - 14.09.2014       Perguntas e Respostas - Rochdale - 02.10.2011       Perguntas - Reunião Especial Botucatu - 20.01.2013       Perguntas - Sexto Seminário da Renovação - 2015       PERGUNTAS E RESPOSTAS - PARAÍSO - 30.10.2010       Perguntas - Rochdale - 22.12.2013       PERGUNTAS E RESPOSTAS - BOTUCATU - 06.06.2010       Perguntas - Sétimo Seminário de Natal - 2014       PERGUNTAS E RESPOSTAS - TERCEIRO SEMINÁRIO DE PÁSCOA - 17.04.2011       PERGUNTAS E RESPOSTAS - PARAÍSO - 29.05.2010       PEERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 03.04.2011       PERGUNTAS E RESPOSTAS - SANTO ANDRÉ - 14.05.2011       PERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 02.01.2011       Perguntas - Seminário de Páscoa - 2012       Perguntas - Sexto Seminário de Natal - 2013       Faça sua pergunta       Perguntas Rochdale - 01.09.2013       Perguntas - Seminário Expansão e Progresso - 2012       Consultas e Orientações - 2015       Perguntas - Reunião do Paraíso - 27.10.2013       Perguntas - Sexto Seminário de Páscoa - 2014       Perguntas - Convite ao Sucesso - 09.11.2013       PERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 01.05.2011       Perguntas - Convite ao Sucesso - 14.12.2013       Perguntas - Reunião do Paraíso - 30.11.2013       Pergunta - Reunião de Rochdale - 06.07.2014       Perguntas e Respostas - Osasco - 27.11.2011       Perguntas e respostas - Seminário Especial Botucatu - 07.09.2011       Perguntas - Reunião do Paraíso - 31.01.2015       Perguntas - Quarto Seminário de Carnaval - 2013       PERGUNTAS E RESPOSTAS - ROCHDALE - 15.05.2011       Perguntas - Convite ao Sucesso - 12.01.2013       Consultas e Orientações - 2013       Perguntas - Terceiro Seminário de Prosperidade - 2014       Perguntas - Rochdale - 18.11.2012       Perguntas - Reunião de Rochdale - 01.12.2013       Perguntas e Respostas - Botucatu 31.07.2011       Perguntas Reunião do Paraíso - 27.09.2014       Consultas e orientações - 2014      

Navegação

Livraria

capa_livro_frente_isbn

capa_frente

art_capa-001

frente

CAPA

nova-capa-as-graas

capa-frente-nova

Curta a fanpage

Evangelização

evangelizao_crianas_novo_poste

 

gestantesfdsfs

 

orao_cura

 

oraao-concretizao-desejos

 

ORAO-DO-PERDAO-E-RECONCILIAO

Solidariedade

novo_modelo_cesta_basica

Ajude nesse ato de Amor e Caridade

Bazar

PEDIDO_DE_DOAO

novembro

telefone-site-novo

 

banner_doacao01

PERGUNTAS - REUNIÃO ESPECIAL - BOTUCATU - 11.11.2012
Total de oito perguntas.


8º Idade: xxx anos       Sexo: xxxxxxxx         Estado Civil:  xxxxxxxxx
 
O Sr. já disse que depende do problema e a intensidade da nossa dedicação. Se eu tiver que fazer  outra prática, também espiritual e não tiver tempo hábil para os dois e se tiver prazo, posso deixar de orar e me dedicar a outra? Muito Obrigado.

RESPOSTA:

“E aconteceu que, quase oito dias depois destas palavras, tomou consigo Pedro, a João e a Tiago, e subiu ao monte a orar.” -  Lucas. ( 9:28.)

O Senhor Jesus sabia exatamente sobre as causas e decisões dos companheiros, por isso escolheu apenas os mais dedicados para as orações e preces. Somente aqueles que se apresentam com a alma mais purificada merecem as dádivas do conhecimento superior. Não é possível forçar as portas do plano espiritual imaginando que apenas as intenções sejam suficientes, relegando sempre as causas de Deus para segundo tempo. Desejar a um só tempo os benefícios sem responsabilidade é mera pretensão resultante de interesses materiais imediatos.

Pensar na produção de preciosos materiais sem prévia preparação do conhecimento e prática é  precisamente caminhar seguidamente pelos fracassos, mesmo que preenchidos de boa vontade. Para se qualificar perante Deus é necessário espiritualizar-se constantemente no melhor de si mesmo, no esforço e dedicação, aproximando-se por afinidade com iluminada alma preenchida de luz e amor. Além das boas intenções, necessário que  a alma esteja  pronta à dedicação em serviços de aperfeiçoamento a bem de todos.
 
7º Idade: 25 anos        Sexo: Masculino         Estado Civil:  Solteiro


A oração feita sem emoção, mesmo assim é válida. Obrigado.

RESPOSTA:

“E dá a qualquer que te pedir; e, ao que tomar o que é teu, não lho tornes a pedir.” Jesus – ( Lucas, 6:30.)

Jesus, nosso Mestre, recomenda a dar a qualquer um que estiver pedindo, não de acordo com os caprichos, mas conforme as necessidades. Disse bem-aventurados os aflitos, mas rejeitou firmemente os negociadores interesseiros, repreendendo-os pois que contrariavam o bem.

Afirmou ser o Céu um mundo de abundâncias disponível para todos desejosos de dar o melhor de si em benefício de outros, porque o ato de dar é imperativo de Deus, e nada mais agrado do que atender a vontade do Pai.

Pensando com critério, exatamente a quem se dirige a sua oração? Qual o benefício esperado com o emprego do inútil esforço da oração sem emoção? Mais precisamente, fazendo-se a oração sem nenhuma energia de si, como esperar eficácia de um resultado esperado? Melhor mesmo é não perder tempo. Dedicando-se mais às conquistas dos bens perecíveis sem nenhum conteúdo de ações espirituais,  seria o mesmo que realizar oração sem emoção. Ambos representam desvios das verdades de Deus e se dirigem a locais sombrios e trevosos, compatíveis com os conteúdos da alma. Seria uma tentativa de iluminar com lanternas sem suficiente  energia na bateria.


6º Idade: 59 anos          Sexo: Feminino           Estado Civil: Casada


Prof. faz mais ou menos dois anos que estou no grupo mensageiros de luz e tenho me esforçado para entender esse maravilhoso mundo espiritual. Mas tenho muito mais a agradecer por estar nesse caminho. Prof. muito obrigado pelo Senhor existir na minha vida.

RESPOSTA:

“O meu reino não vem com aparência exterior.” Jesus – Lucas, 17:20.

A conquista das verdades de Deus é resultado do entusiasmo na compreensão de que o Reino de Deus não se apresenta nas aparências das posses materiais. Sem se perturbar pelas  convenções dos que buscam melhorias na matéria transitória, veio demonstrando manter-se no grupo de fé, acreditando que as realizações divinas se manifestam dentro de cada um, constituindo o glorioso templo das qualidades de Deus.

Empregando todo o tempo disponível para usufruto da vida sustentado apenas nos proveitos materiais, quantos prosseguem escondendo dentro de si as chagas das imperfeições e erros de um passado cheios de culpa, não se permitem melhorar e muito menos transformar para o bem nas verdades de Deus.

O Reino divino se visualiza a medida do reconhecimento pelas conquistas das verdades de Deus, e se fortalecem de acordo com as transformações constantes dos conteúdos da alma, passando naturalmente a concretizar um iluminado mundo compatível com os esforços aplicados na prática do bem e caridade ao próximo.


5º Idade: xxxx anos      Sexo: Feminino         Estado Civil:  Solteira

Boa tarde prof. Roberto, estes ataques que estão acontecendo em São Paulo, são direcionados nas pessoas que devem ser retiradas da Terra? Obrigado.

RESPOSTA:

“Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado para quem será”? – Jesus. ( Lucas, 12:20.)

O mundo observou crescimento vertiginoso nos avanços materiais, relegando, contudo, todas as conquistas espirituais a um plano esquecido e desprezado. Nenhum adiantamento material parece ser suficiente para acalmar o vazio das almas, carentes de conhecimentos espirituais. Para suportar os atritos  da vida, os conflitos resultantes do viver, a luta pela sobrevivência, sem o conhecimento das verdades de Deus, os bens materiais, as disciplinas educativas baseadas na justiça dos homens, não sustentam as necessidades de evolução das almas. Muito ao contrário do esperado, quando muito tornam os seres céticos quanto à importância das questões espirituais, colocando muitas dúvidas à aceitação do Evangelho do Senhor Jesus.

Não tendo em suas almas nenhum resquício sobre a vida futura, sem conhecimento da vida espiritual do homem, a vivência caminhando exatamente de acordo com os instintos primitivos, muitos não  sabem sequer da existência das divinas Leis da Justiça de Deus. Afastados dos nobres sentimentos de amor, realizam constantemente vínculos com os mentores das trevas, a quem obedecem aos seus domínios, e  inconscientes da própria situação infeliz,  trabalham  uma vida inútil e perdida de esperanças.

Nos contínuos ataques, suprimindo violentamente a vida de inúmeras pessoas, os prejuízos devem ser contabilizados mais como um reajuste das pesadas dívidas contraídas em suas almas, tanto das que prejudicam, como das prejudicadas.

A sociedade é composta por pessoas aglutinadas em famílias e núcleos de comunidades. O viver na Terra representa a mais elevada oportunidade para todos. Dentro de um processo de purificação das imperfeições construídas pelos erros do passado, passando por grandes dificuldades, vencendo provas e expiações dos mais diversos, cabe ao homem, com o auxílio das mãos generosas dos Espíritos Benfeitores, acumular dentro de si as luminosas experiências pela observação dos melhores critérios aplicados do bem contra o mal. Outro importante desígnio colocado por Deus, os mais diversos espíritos se encontram encarnados na sociedade, desde os mais perversos, aos mais adiantados no amor e luz.

Como verdadeira escola de aperfeiçoamento, os instrutores espirituais acompanham os trabalhos que os homens, mutuamente, realizam a favor do adiantamento de suas almas, principalmente condenando as imperfeições e dando ênfase às causas do bem. Dentre essas lições, os que estiverem aproveitando devidamente a oportunidade, se elevam rapidamente às graças de Deus e contam com amparo dos seus iluminados protetores espirituais.

Outra questão relevante para o perfeito entendimento da situação dos ataques atuais, conquanto a sociedade encontra-se preenchida de todas as qualidades espirituais, os que desejam caminhar pela luz da salvação perante Deus, necessariamente precisam amparar igualmente os mais atrasados, desenvolvendo todos os mecanismos de auxiliá-los na recuperação de suas sofridas e degeneradas vidas. Não importa quanto se deva despender, mas imperioso que se dediquem à recuperação dos delinquentes que vivem somente para prejudicar outros semelhantes.

Não há prejudicados sem existência dos que prejudicam. Portanto, mutuamente, tanto os que se encontram apreciando e condenando os bandidos, quanto aos que realmente se dedicam como bandidos, igualmente são os devedores a caminho da regeneração. Um dia, por qualquer circunstância, alguns permitiram desvios gritantes pelas ações erradas, e, mesmo que tenham arrependidos e voltados ao caminho do bem, existem os que permaneceram indiferentes e omissos, afundando nos crimes e rebeldias sem fim. E até hoje, embora plenamente aceitos pela sociedade, os muitos recuperados que vivem como cidadãos  reconhecidos como homens de bem, prosseguem em suas negociatas, nas práticas dos proveitos imediatos e distanciados da caridade e amor ao próximo. Portanto, continuam incrementando ações desfavoráveis à atração das luzes do amor, e contam mais com as forças das trevas, embora imaginando vivências na vida correta.

Pelos aspectos como estão sendo desenvolvidos os ataques, tanto os prejudicados como os que prejudicam, todos estão ao caminho do exílio da Terra para outros mundos distantes e primitivos. Contudo, não nos cabe nenhum sentimento de júbilo, porquanto são irmãos necessitados de socorro, e merecem as mesmas oportunidades de salvação perante Deus.

Os amigos espíritas, os que frequentam regularmente as Casas de Deus, que já tenham conhecimentos sobre as verdades de Deus,  não devem omitir de suas responsabilidades a salvação de todos os membros da sociedade. Vamos estender as mãos aos necessitados da alma carente de conhecimentos e de amor. Devemos divulgar com intensidade a Doutrina do Senhor Jesus, auxiliando ao próximo o quanto pudermos, esperando contribuir para que a comunidade possa acolher todos como membros da mesma família de Jesus.

 
4º Idade: 24 anos            Sexo: Feminino         Estado Civil:  Casada  


Tenho 24 anos, sou casada e já sofri dois abortos. O que devo fazer para levar uma gravidez até o fim? Desde já agradeço.

RESPOSTA:

No aparente fracasso da gestação, muitos pormenores foram apreciados e estudados com mais lucidez sobre as causas que ocasionaram os abortos. Conforme esclarecimentos prestados pelos Benfeitores Espirituais, a cada processo de reencarnação comparecem diversas entidades versadas no assunto, que assessoram e acompanham os integrantes da sagrada missão, desde o preparo para a concepção, o período da gestação, nascimento e até aos oito anos término da fase da infância.

É sabido que, no seu caso, novas possibilidades de gravidez estão sendo estudadas e prontas para reinício, com todas as possibilidades de êxito.

As duas interrupções da gravidez estavam previstas no plano espiritual. Os dois casos foram preparados para o enobrecimento da alma dos pais, como também aperfeiçoamento das almas que não puderam nascer. Nada é realizado por acaso. Os abortos serviram para o fortalecimento do organismo físico da mulher, pela reestruturação do vaso uterino muito danificado pelas imperfeições impostas nas vidas anteriores.

Houve ainda a necessidade de profunda modificação do seu próprio espírito, mesmo passando pela dolorosa perda dos esperados filhos, e sem compreender suas causas, certamente procurou reforçar-se aperfeiçoando crença e fé em Deus.

Simultaneamente, os espíritos que foram escolhidos como filhos, além da contribuição ao fortalecimento do corpo da mamãe, suas almas foram muito beneficiadas com o aborto, porque a pequena experiência no corpo de carne também fortaleceram as próprias estruturas mentais e espirituais.  Passaram pela concepção inconsciente e no curto período gestacional, obtiveram considerável fortalecimento na aquisição de luz em suas consciências, anteriormente muito danificadas pelas pesadas pendências de suas almas endividadas.

Os espíritos abortados  muito necessitavam do organismo físico para recomposição dos corpos espirituais. Sem entrar no mérito de análise da qualidade dos espíritos levados à concepção e gestação, é certo que ambos, mamãe e filhos, foram muito beneficiados reciprocamente pela amorosa misericórdia divina.

Após a recuperação propiciada pela dolorosa experiência da concepção e aborto, os espíritos de suas crianças, mas que não são crianças, e sim adultas no mundo espiritual, se encontram recuperadas e empenhadas aos trabalhos de continuidade nos processos de evolução dos seus respectivos espíritos imortais. Naturalmente, contam com elevados mentores iluminados que os assessoram na melhoria de suas almas, como ainda instrutores de preciosos entendimentos de todas as causas espirituais que envolvem a natureza humana. Estão amplamente cientes de suas passagens sobre a Terra, têm consciência e gratidão àquela que lhes dera oportunidade de resgate e renovação de seus débitos anteriores, e dirigem constantemente sentimentos de muito amor e vigorosas energias para a mamãe na Terra, a quem desejam muitas venturas de felicidades.

No seu caminho de incessante renovação, dentro da justiça da lei divina que determina a cada um seja concedido segundo suas obras, prosseguindo na incondicional aceitação dos desígnios de Deus, que a tudo dirige com sabedoria, e pelos seus méritos conquistados, encontra-se o Senhor Jesus para que você siga recebendo o grande amor do Pai que está nos Céus.

Não há como saber se uma gestação será levada ao termo, porque tudo pertence ao Pai, e somente Ele, com infinita Sabedoria, poderia dizer sobre todas as coisas. Mas, certamente, no devido tempo, novos espíritos estarão sendo enviados como seus filhos. Tenha fé e confiança em Deus, nos seus mentores e protetores espirituais.

Para as sagradas almas dos seus abortados, conceda-lhes a graça de anotar seus respectivos nomes, como se fossem crianças normais, e, faça-lhes oferenda de orações, todos os dias. Faça, todos os dias, cerca de 10 vezes a prece do Pai Nosso.

Habitue-se à realização da prática do Evangelho no Lar, pelo menos duas vezes por semana. Estude o Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec. Faça a prece número  13 27 e 29 do O Evangelho Segundo o  Espiritismo.  Programe sua  participação  regular nas  reuniões do   Grupo Mensageiros de Luz. Faça de sua vida  uma  dedicação às  causas do  bem, praticando ainda muitas atividades de caridade e amor ao próximo.



3º Idade: 48 anos           Sexo: Feminino         Estado Civil:  Separada



Professor bem vindo  e obrigada por  sua  presença  aqui em  Botucatu. Há  quase d ois  anos   sigo rigorosamente suas   orientações  para  realização   das orações.  Porém a prosperidade   ainda não chegou. Pratico o bem e faço caridade de diversas  formas, porém  quase nada  mudou. Gostaria de ter meu pedido atendido ainda nesta vida. O que fazer?

RESPOSTA:

“Eu plantei, Apolo regou, mas o crescimento veio de Deus.” – Paulo. ( I Coríntios, 3:6.)

O empenho dedicado em preces e práticas na  preciosa semeadura realizada em capo fértil, contudo, parece não ser suficiente para a esperada colheita abundante. Existem diversos procedimentos necessários para a obtenção dos frutos desejados. Assíduo cumprimento do dízimo, contribuição regular de 10% de todos os rendimentos regulares, comparecimento às reuniões de estudos, colaboração nas tarefas nas Casas de Deus, disciplina nos pensamentos voltados para construções dignas de cada dia, não lamentar e nem conversar assuntos inconvenientes e inúteis com quem quer que seja, entre outros prioritários que devem ser observados rigorosamente.

A construção de ordem moral indicando a vida futura que espera usufruir, aceitando imediatamente quaisquer serviços solicitados pelos cooperadores do Senhor Jesus, aproveitando a oportunidade para o aprimoramento necessário nos caminhos do bem. O regular comparecimento em atividades que estudam conceitos de prosperidade, dando prioridade às Reuniões de Estudos do Evangelho do Senhor, abandonando tudo nos momentos dedicados aos estudos, concedendo a Deus não apenas o tempo que sobra, mas a sua melhor disposição como dever de elaborar o caminho preenchido pelas próprias realizações.

Apenas preces e orações não bastam para obtenção do vertiginoso progresso que deseja. Como esperar significativo retorno sem acréscimos nos seus conteúdos de gratidão e contribuição a todas as graças que tem recebido? Tudo o que você fez e está fazendo é muito pouco para que a desejada corrente de recursos financeiros venha para as suas posses. Como saber se no passado houve acúmulo de muitos débitos ainda não resgatados? Não haveria impedimentos mais fortes negando para o momento melhores condições financeiras?  É por isso que pequenos e escassos trabalhos devotados ao bem e caridade, como ainda constantes preces e orações, não são suficientes para alcançar níveis espirituais elevados, compatíveis com os merecimentos como resultado de suas práticas.

É possível que se questione, mas, não há pessoas muito piores que eu, nem sequer rezam , ficam distantes de Deus e, ainda mais, realizam atos bastante contrários lesando ao próximo, gastando dinheiro em procedimentos imorais e reprováveis, os quais se encontram em estágios de riquezas em patamares elevados? Respondendo simplesmente, temos que nos lembrar do ensinamento do Senhor Jesus sobre a perda da vida, embora estejam trabalhando em ganhá-la. Não apenas estarão perdendo a oportunidade de aperfeiçoamento nas causas do bem, como ainda se preenchem de pesadíssimos ônus de dívidas morais e materiais, ocasionando múltiplos prejuízos para a alma, podendo a qualquer tempo antecipar o retorno ao Mundo Espiritual, pois que, permanecendo na Terra, acumular-se-iam mais encargos prejudiciais a si e aos outros.

Para  que  as  práticas  de  preces,  orações  e  caridades  revertam  em    proveitos    econômicos e financeiros  imediatos, é  preciso  que  se  acrescentem  outros  itens  prioritários.  A  cada reunião compareça fazendo-se acompanhar de diversos convidados, multiplicando, assim os seus méritos e virtudes.

Para que o esperado retorno se faça mais acentuado, convide muitas pessoas às  reuniões. No seu caso específico, a construção dos  pesados  encargos  foi  feita  em  existências   anteriores, enquanto  nesta  vida, praticamente  nada  foi  feito,  nem  positivo  e  nem  negativo. 

Para   que   as torrenciais vertentes sejam visíveis, há que se trabalhar efetivamente na  construção  de  méritos   e virtudes. Passe  a  seguir  um  planejamento  de  conduzir  pelo  menos  trinta   novas   pessoas    ao conhecimento das leis de Deus, estudando regularmente o Evangelho do Senhor Jesus nas Casas  de Deus.

2º Idade: 38 anos          Sexo: Feminino         Estado Civil: Casada


Eu costumava ser uma pessoa de muita disposição e coragem. O que aconteceu para que eu ficasse totalmente desanimada e triste?

RESPOSTA:

Por vezes, contínuos tolhimentos da vontade própria a favor de caprichos e egoísmos de outros acabam por limitar consideravelmente os melhores impulsos na realização de coisas felizes. Ceder sempre é menosprezar a capacidade própria, é eliminar de si toda a vivacidade concedida por Deus.

Não se deve permitir que todo um talento e capacidade sejam destinados ao atendimento de caprichos inúteis e indesejáveis, que em nada contribuem na construção do bem. Acendendo a luz na prece, observa que na caminhada permitida por Deus, há muitas tarefas que a aguardam, e na realização correta de sua obrigação encontra-se o cumprimento dos deveres de crescimento.

No seu programa de vida na Terra constam diversos itens que devem ser realizados com disposição e ânimos redobrados. Carregando a cruz pela dedicação aos seus entes queridos, mas não se tornando escrava deles, pois que a cada um compete realizar as suas obras específicas. Sendo fiel à esperança, não se permita colecionar ingratidão e nem queixas, nem as inúteis e nem as produtivas.

Provável que a convivência seja boa com os elementos de sua família, mas a carência de boas palavras, os contínuos serviços de atendimento aos caprichos, os tolhimentos críticos a quaisquer tentativas de renovação, fizeram paralisar todas as iniciativas mais brilhantes.

Faça um ousado programa para o seu progresso. Elabore datas e obrigações em sua agenda, e procure pelo menos acrescentar motivação em sua vida. Junto aos familiares, se for o caso, converse sobre suas aspirações, e sabiamente com habilidade elimine as oposições e  os obstáculos.

Marido e filho, bem como familiares,  são companheiros e amigos, portanto, devem compreender seu anseio de renovação nos conhecimentos e intenso desejo de viver,  desenvolvendo a inteligência e amor a todas as coisas. O homem se encontra na Terra para aperfeiçoar a personalidade e elevar  conceitos morais nos brilhantes conhecimentos da doutrina do Senhor Jesus.

Leia e  estude  diversas  vezes  o  livro  O  Evangelho  Segundo o  Espiritismo,  de  Allan  Kardec. Compareça regularmente às Reuniões do Grupo  Mensageiros  de  Luz.  Pratique  semanalmente   o Evangelho no Lar. Seja vegetariana, abstendo-se de ingerir carnes, aves e frangos, peixes e  outros. Sorria sempre. Faça pelo menos 10 vezes a prece Pai Nosso por dia.


1º Idade: 38 anos         Sexo: Masculino        Estado Civil: Casado



Prof. Roberto, este ano tive a benção de  trabalhar  em três faculdades diferentes, mas também tive problemas  econômicos  no  sentido  de  adquirir  alguns  bens  e  na      negociação perdi  dinheiro. Por exemplo, comprei uma passagem aérea e me cobraram o dobro do valor combinado, da mesma forma com um plano de linha telefônica e na troca do meu carro. Como devo fazer para mudar isto?

RESPOSTA:

Segundo o ensinamento do Senhor Jesus, a cada um seja concedido de acordo com as obras. O esforço próprio tem sido direcionado às realizações dos caprichos imediatos, os quais requerem, quase sempre, muito mais que os planejamentos inicialmente imaginados. Por certo, os recursos amealhados com os serviços prestados suplantam, em muitas oportunidades, as necessidades dos seus projetos.

Os bons Espíritos recomendam usar as práticas do esforço ao bem de todos, enquanto o bem verdadeiro sempre conduz à vitória dos planos elaborados. Os acontecimentos do ambiente retratam imagens da própria alma. Pelas perdas consecutivas nos negócios aparentemente bem planejados, resultam quase sempre de dívidas contraídas pelas atitudes nos trabalhos a que se dedica. Deus se encontra no interior de todas as pessoas. Sendo Deus presente no interior de cada criatura, a infinita Sabedoria de cada um faz com que haja iluminação em todos os lugares. Assim, destina-se a uma criatura polir e encaminhar outra para os caminhos do bem verdadeiro.

Os patamares da vida se encontram em níveis incompatíveis com os conhecimentos, enquanto as palavras estudadas e transmitidas parecem ecoar em escalas distantes das possibilidades de práticas. Dominado pelas exigências do ambiente, atrelado às disciplinas de outros, enclausurado sem manifestação livre dos ideais, a vida mais parece um gerador inútil gastando a energia antes de alcançar os centros produtivos. Isso que chamamos capricho é a sujeição aos desejos próprios e  de outros, não pela realização de elevados benefícios para a comunidade, mas  para proveito de reduzidas proporções.

As despesas duplicadas em situações externas,  observadas nos ambientes de seus interesses,  representam multiplicação de apreciáveis esforços na realização de alguns objetivos, não proveitosos para benefício das comunidas, e na satisfação imediata permanecem pendências que são resgatadas com pagamentos inúteis, duplicados e  imprecisos.

Pelo elevado nível de conhecimentos adquiridos, o patrimônio deveria ser utilizado mais ao benefício das comunidades a que pertence, podendo muito bem se conduzir a patamares mais elevados, multiplicando além das expectativas os ganhos e remunerações, como ainda empenhar-se para que todos ao redor possam ser consideravelmente melhorados.

O pagamento corresponde ao benefício que se recebe, e as duplicidades e contínuos erros nos negócios,  informam procedimentos incompatíveis com os níveis de empenho devido aos outros.

Há que se elevar do atual patamar para o seu corresponde degrau, onde não só se encontram melhores índices de remuneração, com ganhos de acordo com as realizações, e sobretudo, pela ampliação da capacidade no entendimento das leis e, consequente, colaboração com os membros das comunidades. Mas, para que isso venha a acontecer, articule intensamente oração do serviço ao próximo, pela ação constante de convites aos amigos, companheiros, conhecidos e outros ao caminho do bem.
Conduza sempre muitos ao conhecimento das verdades de Deus e estará marchando para a felicidade indestrutível de comunhão com Deus. O Evangelho do Senhor Jesus indica os caminhos corretos das práticas ao bem do próximo.

Última atualização (Qua, 28 de Novembro de 2012 16:46)